Missão Fit: Frutas vs Barrinha de Cereal

A barrinha de cereal tem sido largamente consumida por muitas pessoas que desejam ter uma vida mais saudável. Mas será que ela é realmente boa? Ao comprar qualquer alimento industrializado temos que olhar o rótulo.
Na lista de ingredientes, os alimentos que a compõe estão em ordem decrescente, isto é, o que tem mais quantidade vem em primeiro lugar. Ao verificar a lista de ingredientes das marcas mais famosas de barrinhas, geralmente glucose está em primeiro lugar.

Mas o que é glucose?
Vamos entender alguns açúcares que a indústria das barrinhas utiliza: Glucose de milho: é um tipo de carboidrato simples, de energia imediata. Dificulta a perda de peso, pois como são digeridos rapidamente, eles favorecem que o nível de açúcar no sangue suba. Sendo assim a insulina é ativada para que esse açúcar seja absorvido, dificultando que o corpo utilize a gordura para gastar calorias. Açúcar invertido: utilizado na fabricação de balas e doces, evitando que o açúcar cristalize, o que daria uma textura desagradável. Em biscoitos e barras, ele dá a coloração caramelada e a maciez.
Sacarose: é o açúcar comum (glicose + frutose), encontrado facilmente na cana de açúcar ou beterraba.

BATALHA

Prós: é fácil de armazenar, transportar, pode comer em qualquer lugar sem sujar as mãos, é doce e gostoso, o marketing é apelativo para que seja aceito socialmente como um alimento saudável.

Contra: industrializado, conservantes e edulcorantes em sua composição. As frutas também são doces, gostosas, fácil de transportar, mas se tiver refrigeração fica melhor ainda. São ricas em vitaminas, principalmente A, C e algumas do complexo B. Oferecem minerais essenciais ao nosso metabolismo como cálcio, magnésio, potássio, fósforo, cromo, boro. Estas substâncias são importantes para desempenhar funções que nosso corpo sofre desgaste sem elas.

O açúcar da fruta, frutose, é liberado gradualmente na circulação podendo levar até 2 horas para ser transformado em energia. A diferença desta forma de frutose é que está associada às fibras da fruta, o que auxiliam a retardar a liberação deste tipo de açúcar para o sangue. Já a glucose de milho, sacarose (açúcar cristal, açúcar mascavo e açúcar branco), polidextrose e maltodextrina são absorvidos em menos de 15 minutos pelo nosso corpo, o que significa que logo em seguida nossa fome volta.

Portanto, sempre que puder, prefira comer uma fruta (unidade, fatia, gomos), é muito mais natural, tem muito fibra e água na composição. As barrinhas podem fazer parte de uma alimentação equilibrada, mas use nas seguintes ocasiões: quando a vontade de comer um doce for muito grande, antes da atividade física para liberar energia mais rápido ou quando a correria for grande ou mesmo quando você sabe que só voltará para casa depois de um longo período na rua e tem receio que sua fruta estrague.

Para saber como incluir esses alimentos na sua rotina saudável, agende uma consulta com nossas nutricionistas: (13) 3321-5528

 Marianne Fazzi – CRN-3: 32.675
Nutricionista da Clínica Trivitta


0 comentários:

Postar um comentário

Missão Beleza - Tudo sobre makes, moda e esmaltes © 2011 | Layout by Popíssima. Some Rights Reserved. Powered by Blogger