Poxa! Até a luz do monitor!?!?!


Olá Pessoal.

Hoje li uma matéria sobre manchas no rosto e fiquei chocada. Resolvi pesquisar mais e até procurar minha demartologista.

Tenho certeza que pouquíssimas pessoas sabem que a luz do computador pode ocasionar manchas em nossa pele.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia Regional São Paulo (SBD-SP), a luz visível que é emitida pelo computador possui a capacidade de desencadear uma pigmentação na pele.

O desenvolvimento da pigmentação pode aparecer em qualquer pessoa, mas só as manchas aquelas pessoas que estiverem mais sensíveis, como por exemplo, mulheres grávidas, ou aquelas que fazem uso de anticincepcionais, aquelas que estão fazendo tratamentos de pele, como peeling e laser, ou em quem tem doenças desencadeadas pelo sol, como o lúpus.

As manchas normalmente aparecem no rosto, ja que é o local que fica mais exposta à luz do computador.

Para evitar o problema, os médicos dermatologistas que fazem parte da Sociedade Brasileira, indicam alguns cuidados.

É fundamental usar aquelas proteções de tela para o computador, pois elas tem a função de diminuir a luminosidade.

O uso do protetor solar, que já deve fazer parte de sua vida, também agora vai fazer parte quando você estiver sentadinha na frente de seu computador, mesmo que esteja em local fechado, e como não poderia deixar de faltar, não deve se aproximar muito da tela do eletrônico.

Mais um detalhe não é somente o computador o responsável pelo surgimento deste tipo de mancha em sua pele, as lâmpadas, principalmente as frias, por exemplo,também são capazes de provocar as manchas nas pessoas pré-dispostas.

Não quero nem imaginar a pele toda manchada. Xô manchas e vamos lembrar sempre do filtro solar.

Beijão!!!


2 comentários:

  1. Imagina só, ter que usar protetor solar pra usar o PC?!
    Hahaha...

    ResponderExcluir
  2. Pois é, tudo hoje em excesso faz mal.

    ResponderExcluir

Missão Beleza - Tudo sobre makes, moda e esmaltes © 2011 | Layout by Popíssima. Some Rights Reserved. Powered by Blogger