Palavra de ordem é: PREVENÇÃO

Olá pessoal,

Nossa quanto aos fatores de risco me encaixo em alguns:
história de trombose anterior,
Genética e obesidade
Viagens de longa duração (Síndrome da Classe Turística)
Uso de anticoncepcionais orais (usei por 15 anos )

Agora é preciso previnir..e me manter longe dos "fatores de risco"...com a missão SPAradrapo vou conseguir...
Agora, tive trombose oclusiva na veia safena...(tromboflebite) não foi tão grave quanto a primeira, mas, foi o mesmo susto...e o risco de ter algo mais sério tbm é grande.

Seguem os principais fatores de risco e as medidas de prevenção. Beijosss

Fatores Individuais de Risco


· Indivíduos com idade superior a 40 anos (incidência aumenta com a idade);
· Obesidade;
· Varizes;
· História de trombose anterior (caráter recorrente);
· História em membros da família (caráter genético);
· Indivíduos portadores de anormalidade genética do sistema de coagulação

Outros Fatores de Risco


· Uso de anticoncepcionais orais (sobretudo em mulheres fumantes);
· Terapia de reposição hormonal;
· Câncer e quimioterapia;
· Gravidez e puerpério (período pós-parto);
· Doenças cardíacas ou respiratórias graves;
· Infecção grave;
· Traumatismos;
· Cirurgias grandes e anestesia de longa duração;
· Período pós-operatório;
· Hospitalização prolongada;
· Viagens de longa duração (Síndrome da Classe Turística)

Medidas de Prevenção da TVP


O "paciente de risco tromboembólico" pode necessitar de prescrição médica a base de medicamento anticoagulante que deverá ser controlada periodicamente mediante a solicitação de exames laboratoriais. Estes pacientes devem evitar a auto medicação e comunicar ao médico o uso de medicamentos prescritos em caso de necessidade de um procedimento cirúrgico que vier a ser submetido.


A atenção dos profissionais de saúde envolvidos no atendimento do "paciente de risco tromboembólico" deve voltar-se para os diversos fatores de riscos mencionados, levando em consideração os períodos antes, durante e após a internação hospitalar.
Os cuidados vão desde o manuseio do paciente acamado, passam por motivá-lo a se movimentar e andar o quanto antes após uma cirurgia.

Medidas Gerais de Prevenção


Fazer exercícios regularmente é um importante meio de manter o equilíbrio entre a energia consumida e a despendida e por esse mecanismo ajuda a controlar um dos "fatores de risco" da TVP que é a obesidade. Além disso a atividade física diária promove a saúde mental, contribui de maneira significativa para controlar o "stress", elevar a auto estima, reduzir a ansiedade, a depressão e a insônia.


Alguns ajustes no estilo de vida, como a suspensão do fumo, a limitação do consumo de bebidas alcoólicas e uma alimentação balanceada são condutas essenciais para diminuir o risco de doenças em geral. Tanto a prevenção quanto a avaliação do "risco tromboembólico" são medidas simples, porém vitais, daí a importância de médicos e pacientes estarem juntos no combate à TVP.


0 comentários:

Postar um comentário

Missão Beleza - Tudo sobre makes, moda e esmaltes © 2011 | Layout by Popíssima. Some Rights Reserved. Powered by Blogger